TV SINDJOR-PB

18 fevereiro 2024

Sindjor-PB dá início à nova etapa de modernização das rotinas financeiras e administrativas

Após a modernização da comunicação institucional, Sindicato agora inicia integração das rotinas administrativas e financeiras que permitirá eficiência na prestação de contas e disponibilidade de serviços aos filiados



Por Jorge Galdino – Jornalista


O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba (Sindjor-PB) está executando o planejamento estratégico, elaborado pela atual gestão, que tem como objetivo modernizar, automatizar e gerenciar as rotinas administrativas e financeiras da instituição. Essa nova etapa do planejamento teve início ontem (17), com a implantação de sistemas on-line e off-line de gestão. Com a reforma parcial, o Sindjor-PB também retomou o atendimento presencial em sua sede.



Inicialmente, o Sindicato modernizou todo o setor de comunicação institucional, criando site, APP e o Diário Oficial on-line, tudo integrado as redes sociais (X-Twitter, Facebook, YouTube e Instagram), com direcionamento para e-mails e sistemas de mensagens como o WhatsApp. Nesse mesmo processo, o Sindjor-PB também implantou novos equipamentos de informática (computadores, impressoras e provedores de internet) e a instalação de antivírus e softwares diversos. “Estamos investindo em programas, equipamentos e ambientes virtuais para assim termos um moderno sistema de comunicação institucional, primando pela segurança digital, responsabilidade com os dados e agilidade nas divulgações das ações dos Sindicato e interação com a base”, disse Land Seixas, presidente da entidade. Os equipamentos de informática foram adquiridos através de doações.

Concluída a automação da comunicação institucional, o Sindicato agora inicia a fase de modernização administrativa e financeira. No último sábado (17), foi implantado o Procfy, sistema on-line de gestão financeira que permitirá agilidade e eficiência nas prestações de conta, conciliação bancária e gestão de caixa da entidade. No mesmo dia da instalação, o novo sistema já foi abastecido com dados da Vakinha Virtual e das demais doações recebidas na campanha de reconstrução da sede do Sindicato, que foi alvo de ataques criminosos.

Também foi instalado o sistema Hábil Empresarial, software que irá permitir a automação do sistema de cadastro de filiados, cobrança, impressão de formulários, gestão de pessoas e todas as demais rotinas administrativas. Outra importante ação é a digitalização das antigas fichas de filiação de todo o quadro associativo do Sindicato, preservando o valor histórico e as informações dos que fazem e fizeram parte da existência da entidade.

O Sindjor-PB também iniciou uma campanha de recadastramento de sua base. Através de formulário on-line disponibilizado no site e no APP, os filiados ativos podem atualizar os dados pessoais, telefones, e-mails e outras informações necessárias para uma integração mais efetiva e uma prestação de serviços mais eficiente. “Primeiro fizemos com que o Sindicato existisse virtualmente, implantando modernas ferramentas de comunicação e interação. Agora estamos em um novo momento, em que as finanças, a contabilidade e as rotinas administrativas também estão sendo modernizadas, preservando a história com a digitalização de documentos, ao mesmo tempo que disponibilizamos as ferramentas virtuais para coleta de dados e integração de todos os departamentos do Sindicato”, enfatizou Land Seixas.

Na manhã desse domingo (18), foi realizada uma reunião administrativa específica para tratar das mudanças no setor financeiro, momento em que presidência, tesouraria e o setor de informática discutiram os detalhes dessa nova etapa de automação. A reunião foi realizada através de videoconferência, inaugurando a nova plataforma de reuniões e assembleias que, a partir de agora, serão realizadas através do Skype.


Assista abaixo ao vídeo do sistema Procfy, com as principais funcionalidades do programa. O vídeo foi criado com a ajuda de Inteligência Artificial (IA).



Clique no link abaixo e faça seu recadastramento.



Da redação do Sindjor-PB.


Nenhum comentário: